Campo de vides da Pío del Ramo

PÍO DEL RAMO

Bodegas Pío del Ramo. Vinhos com Denominação de Origem Jumilla. Vinhos com Indicação Geográfica Protegida Vinos de la Tierra de Castilla. Azeite ecológico.

Os nossos vinhedos e o nosso clima especial

A Pío del Ramo cultiva uma selecção de hectares situados nas melhores charnecas do planalto, onde cuida das cepas com esmero, desde a origem até à vindima.

A cave tem numerosas parcelas de vinhedos, cuidadosamente cultivados e localizados em terras calcárias (as melhores para a produção de qualidade, dada a concentração que provocam) das localidades de Jumilla, Ontur, Albatana e Chinchilla.

DENOMINAÇÃO DE ORIGEM JUMILLA

A maior parte dos nossos vinhedos está situada nos confins municipais de Ontur, Albatana e Jumilla; a cerca de 700 metros acima do nível do mar e abrangidos pela Denominación de Origen Jumilla (Denominação de Origem Jumilla).

A Denominación de Origen Jumilla, situada no sudeste espanhol, é caracterizada por grandes vales e planícies, delimitados por montanhas. É uma zona de transição entre o litoral levantino do Mediterrâneo e a meseta castelhano-manchega.

INDICAÇÃO GEOGRÁFICA PROTEGIDA
VINOS DE LA TIERRA DE CASTILLA

Sob a denominação Vinos de la Tierra de Castilla, temos um vinhedo situado na localidade de Pétrola, Albacete, com uma altura de 900 metros acima do nível do mar.

A Indicação Geográfica Protegida Vinos de la Tierra de Castilla, permite a identificação dos vinhos elaborados com uvas produzidas no território da Região.

Esta indicação geográfica engloba um grande número de produtores e é um reconhecimento à importante tradição vitivinícola de Castela La Mancha.

Vinhedos de Pío del Ramo em Pétrola

SOLOS

A qualidade dos vinhos começa pela terra em que a cepa produz os seus frutos. É o chamado «terroir», essa combinação perfeita entre solo, clima, localização e orientação dos vinhedos.

No nosso caso, estas características estão bem patentes. Os solos de toda a zona são pardos ou pardo-calcários, com boa capacidade hídrica e permeabilidade média, o que faz com que as cepas possam sobreviver em condições de stress hídrico prolongado. São pobres em matéria orgânica, de pH alto e baixa salinidade. A sua textura franca e franco-arenosa confere-lhe um bom arejamento.

O CLIMA

Os nossos vinhedos desfrutam de um clima continental; suavizado em parte pelo Mediterrâneo, a leste; e endurecido pela meseta de La Mancha, a oeste.

Poderíamos dizer que é um clima árido e de poucas chuvas (com 300 litros por metro quadrado por ano), com Verões muito quentes (são ultrapassados os 40º) e invernos frios (o termómetro desce facilmente abaixo dos 0º).

É neste clima de extremos que, contrariamente ao que possa parecer, tem lugar a génese daquilo que se converterá em grandes vinhos. A razão está no facto de este clima facilitar um crescimento saudável, tanto da planta como do fruto. A ausência de humidade faz com que os tratamentos sejam mínimos, dado que a podridão não aparece no meio desta secura.

Graças a estas condições, conseguem-se vinhos mais ecológicos e saudáveis.

Vinhedos na Finca del Cuco Vinhedos em Albatana Vinhedos em Ontur

A NOSSA TERRA

VARIEDADES

  • MONASTRELL (MOURVÈDRE)

    É a variedade mais representativa da zona e da Denominación de Origen Jumilla (Denominação de Origem Jumilla).

    Temos duas zonas de uva Monastrell diferenciadas, em função da idade das cepas: a mais jovem, formada por vinhas plantadas em 2006, está situada na Finca del Cuco (o seu nome provém do refúgio de forma ovalada que se encrava na quinta).

    As zonas mais velhas de uva Monastrell são as que temos vinculadas em parcelas com cepas de mais de 50 anos. Estas últimas são a base dos nossos grandes vinhos. Estão cultivadas em vaso e em regime de sequeiro rigoroso. Apresentam rendimentos baixos, mas com uma grande concentração, proporcionando o carácter e a personalidade típicos da variedade.

  • CABERNET SAUVIGNON

    A Finca de Las Gateras está dedicada ao cultivo da variedade Cabernet Sauvignon desde 2003.

    Este tipo de uva confere aos vinhos tintos corpo e estrutura, sendo a base para os amadurecimentos.

  • SYRAH

    Na Finca de La Casilla e Finca de La Cañada encontramos a variedade Syrah.

    Plantadas em 2002, são uma das variedades que melhor desenvolvem o seu potencial nesta zona.

  • MERLOT

    As Quintas Pedreras, Cero Blanco e Teófilo estão destinadas desde 2002 ao cultivo da variedade Merlot.

    As suas terras argilosas produzem vinhos com mais corpo, mais taninos e uma maior possibilidade de conservação do que as dos solos arenosos.

  • TEMPRANILLO

    Na Finca Porrudos encontram-se os nossos cultivos de Tempranillo.

    Esta variedade desenvolve um grande potencial aromático e produz vinhos muito frutados e frescos.

  • CHARDONNAY

    A variedade Chardonnay está cultivada nas Quintas de Basteguillas e la Florida, onde se encontram solos ideais para vinho branco seco, fresco e frutado.

  • MOSCATEL DE GRÃO MIÚDO (MUSCAT BLANC À PETITS GRAINS)

    As Quintas la Cingla, Cerro e Cañada de la Ermita estão destinadas ao cultivo de Moscatel de grão miúdo. Os seus solos proporcionam frescura, acidez, elegância e finura.

  • PETIT VERDOT

    Desde 2004, a Finca Cespial está dedicada ao cultivo de Petit Verdot, produzindo vinhos com um carácter particular e único.

  • VERDEJO

    Na localidade de Pétrola encontra-se o clima frio próprio das regiões do norte. Esta característica converte a zona num lugar excelente para o cultivo da variedade Verdejo propiciando o carácter fresco e herbáceo desta uva.